sexta-feira, 17 de novembro de 2006

O Mais Lindo

Para quem acha que eu sempre fui careca, está aqui a prova de que em tempos fui o (in)feliz proprietário de uma farta cabeleira.
Eu sou o puto pequenino da esquerda com cabelo à coninha, o da direita é o meu irmão Ludi.

A minha mãe todos os anos conta-me a história de como eu era o bébé mais lindo da maternidade, o que me leva a pensar que dar à luz afecta profundamente a visão.
Se na verdade era mesmo o mais lindo, e partindo do princípio de que a minha mãe não estava a halucinar sob o efeito das anestesias, então ela deve ter dado à luz num hospital veterinário e ninguém lhe disse. Comparado com os bébézinhos quadrúpedes, os com casca, os com asas e os com escamas, uma bolinha de carne toda roxa cheia de veias era certamente um Adónis em ponto pequeno.

Mas a vida é mesmo assim. Quiz o destino que eu fosse o mais lindo numa idade em que ainda achava que a pila era um resto mal cortado do cordão umbilical. Quando descobri para que servia já era tarde demais, já não era o mais lindo.

7 comentários:

Miguel Krippahl disse...

Na minha modesta opinião (ou talvez não tão modesta, dado que já assisti a três partos), todos os bébés recém nascidos parecem-se com o Alberto João Jardim.

Anónimo disse...

És lindo!!!!!!!

Patricia disse...

Se não visse esta foto não acreditaria... Eras realmente um bebé lindo!

Agora, apesar de uns aninhos a mais e de uns cabelinhos a menos continuas a ter o mesmo (ou ainda mais) encanto ;)

***

joana disse...

Já nesta idade tinhas carinha de saudavelzinho!!!
Aí que lindo :-)))))

Krippmeister disse...

Parecia um Bee Gee recém nascido...

Zica Cabral disse...

para as mães, todos os seus bébés são os mais lindos da maternidade e do Universo em geral. Nãoxsei se serias o mais lindo mas que eras super apetitoso assim como a (presumo) maninha da foto lá isso eras.
Dos meus filhos o unico que eu não achei muito bonito (temos que ser objectivos) foi o mais novo que parecia um macaco MESMO. Coberto de pelo preto, muito escuro sem curvatura do nariz (porque estava inchado do esforço de nascer) metia medo ao susto. Mas quando abriu os olhos e olhou na minha direcção foi amor puro. Tinha os olhos negros mais lindos do mundo e arredores. Depois de lhe cair o pelo preto de macaquinho ficou uma crinaça muit lindinha
Ainda hoje tem uns olhos lindos e é um lindo menino de 31 anos.................

bjs
Zica

Krippmeister disse...

Eu estou a fazer o percurso inverso. Nasci lindo e avanço a passos largos para o macaquinho, mas pelado :-)