quarta-feira, 15 de julho de 2009

Uma Cornada "en Las Ventas"

No dia 27 de Maio, na arena de Las Ventas (Madrid), um touro português decidiu que ser empalado por um travesti de ceroulas côr de rosa seria um fim demasiado desonroso e humilhante para um ser de tão nobre porte. O resultado foi um buraco de 20 cm no tórax do matador Israel Lancho.

Parabéns ao Israel pela sua entrega e dedicação ao espectáculo. Embora, verdade seja dita, o jorrozinho de sangue que o matador perdeu na corrida tenha sido modesto relativamente às litradas tiradas a ferros dos cinco animais previamente torturados. Ainda assim, bom esforço do bravo matador que, no momento em que avançava para matar o touro, achou que o que ficava realmente cool era tourear com as tripas do lado de fora do corpo. De lamentar é o facto do touro não partilhar a selvageria e sede de sangue que os toureiros e o público revelam. Um strogonoff de Israel Lancho espalhado pela arena faria muito mais pela tauromaquia que um labrego no hospital a dar entrevistas.

Ficam os votos de que este gesto altruísta de amor à arte sirva de inspiração para outros travestis de ceroulas por esse mundo fora. Para o Israel fica uma mensagem sentida, do fundo do coração: Não desistas matador! Mesmo com um orifício de entrada no hemitórax esquerdo com trajectória ascendente de 20 cm penetrante na cavidade toráxica e orifício de saída no 5º espaço intercostal, podes ainda levar as massas ao rubro! Basta que te despejem lá no meio da arena, te espetem uns ferros nas costas e te cortem as orelhas, antes de te trespassarem com uma espada. A festa brava conta contigo!

7 comentários:

Abobrinha disse...

Isto fez-me lembrar aquela cena do Hannibal em que ele dá a opção (?) ao outro de ser enforcado com as tripas de dentro ou de fora. E decidiu pela mesma opção que o touro.

Não tenho prazer nenhum em verificar o ferimento do extripado... mas ele teve prazer em torturar um bicho que não lhe fez mal nenhum quando nem sequer era para comer ou em defesa própria!

Krippmeister, um beijinho pela tua defesa eloquente dos touros como eu (embora eu me tenha perdido algures entre hemorórax e intercostal)... apesar de eu me ter esquecido de te dar os parabéns no dia do teu aniversário!!! Em minha defesa, lembrei-me todos os dias antes e todos os depois (menos quando te telefonei...).

Krippmeister disse...

Hehehehe, não há problema. Essa coisa de festejar o facto de se ter menos um ano de vida parece-me má onda de qualquer maneira, embora eu goste da atenção ;)

Abobrinha disse...

Isso é visão copo meio vazio. Prefiro ver isso como ter sobrevivido mais um ano e ter quem se lembre de mim. E eu LEMBREI-ME! Simplesmente... esqueci-me de te dizer que me tinha lembrado no dia! Sou cabeça no ar, que é que queres? Mas como tu já sabes, não ligas, certo?

Abobrinha disse...

Ah, e estás com bom aspecto... para um ancião de 35 anos!!!

Krippmeister disse...

Hehehe. Como dizia um professor meu "meninos, don't problem!". Aliás, eu sou igual, tirando talvez aquela parte de me lembrar no dia...

35 é já o declínio completo, mas obrigado pela massagem ao ego.

Joaninha disse...

Grande toiro, sim senhora :)

O pormenor da arena se chamar Las Ventas é no minimo delicioso.

O matador deve ter um contrato com o chifrudo (AKA diabo) porque pela localização da cornada e pronfundidade é a unica explicação viavel para não estar neste momento a torear chifrudinhos de 4 patas :)

beijos

Joao disse...

Que grande besta. E o gasto no hospital foi por conta do contribuinte não? Esta gente que devia era estar a trabalhar so da despesa.