segunda-feira, 9 de abril de 2007

Muito Benze Esta Gente

E voltamos ao mesmo. Já se começam a ver estudantes todos encapados e acoletados e emblematizados e encrachacizados a rigor para a benção das fitas. Meus amigos, é só em Maio! Vão lá lavar isso que já andam aí a cheirar a queijo corso. Eu quando era puto também dormia com o fato de múmia na noite antes do baile de máscaras, mas era porque aquela m***a demorava pra caraças a enrolar (e não, não tinha fecho eclair... meta-se na sua vida!).

Não há benção das fitas sem fitas, e como tal, todos os anos lá vêm umas quantas parar às minhas mãos - "para escreveres o que quiseres". Pooooois, mas toda a gente sabe o que se deve escrever nas fitas, o que, regra geral, pouco tem a ver com o que realmente se quer escrever:

"Para a minha amiguinha kerida, a mais especial do mundo, a mais talentosa de todas. Vais com certeza ser uma profissional extraordinária e ser muito feliz em todos os campos da tua vida. Liga-me sempre porque a amizade é eterna e mais não sei quê.
Xi korações e bijokas kiduchas Chuak! Chuak! Chuak!”

Basta querer juntar uma pitadinha de honestidade que arriscamos a ficar com algo como isto:

“Para a minha amiguinha querida, à vontade entre as dez mais especiais daquele pequeno grupo de pessoas em geral não muito talentosas. Vai na volta até vais ser uma boa profissional e ter uma vida feliz, mas a verdade é que não faço puto de ideia do que te vai acontecer. Tens mais hipóteses de morrer atropelada pelo 31 a caminho da benção das fitas que de encontrar um emprego decente. Desejo-te boa sorte, mas ficas desde já avisada que isso de pouco te vale.
Mandava-te um xi-coração, mas para ser sincero nunca soube realmente que coisa é essa do “xi”. Xi-coração? Será um coração em forma de “x”? Isso é coisa que se deseje a alguém? Não interessa, levas beijos e é porque és boa, porque se fosses uma gorda de bigode nem fita levavas.”*

Isto justifica a minha preferência por desenhar nas fitas em vez de escrever. O desenho é sempre honesto, é aquilo que me dá na gana desenhar na altura e nada mais. O valor que tem é a minúcia e a dedicação com que é feito, e se ficar feio pode-se sempre limpar o rabinho com cetim bento.

*Sim, só faço fitas para miúdas, e só se forem giras. Sim, é um critério sexista, mas foi exactamente por isso que o escolhi. Não, não tenho vergonha, mas se acha que é isto que faz de mim um pacóvio cretinóidal é porque não leu o resto do blog...

13 comentários:

blogas disse...

Eu também tenho uma fita do grande Krippahl!!!:)

Krippmeister disse...

Só porque és boa, senão não levavas nada.

Anónimo disse...

:D
JPVale

Joaninha disse...

Cretinóidal é muito bom hahahaha!!!
BJS
CC

Patricia disse...

Eu não tive a sorte de levar uma fita tão gira! Acho que a minha tinha uma flor.

UMA FLOR KRIPPAHL? ESPERAVA MAIS DE TI. EU QUERIA UM MONSTRO!!!!

Estou triste :(

Krippmeister disse...

Uma flor? Que paneleirada! Não devo ter sido eu a fazer isso. Vê lá bem se não era uma flor carnívora a comer um gafanhoto ou qualquer coisa no género.

Patricia disse...

Não... era uma flor normal... com pétalas que não fazem mal a uma mosca...

Allanah disse...

pacovio cretinoidal???? AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH!!! Muito bom... tb nao tenho puto de paciencia para fitinha e fitocas, chapeus bengalas e pastas, mais a porcaria do traje que é SINISTRO! Por isso é que nao fui praxada! eheh!

Anónimo disse...

O desenho da fita está muito bom. Bem ao teu estilo.
JPVale

Krippmeister disse...

Pois é Allanah, o traje parece uma mistura de drácula barato com um frigorífico... com todos aqueles cráchas lá colados.

Eu também não fui praxado! Viva nós! :)

Fada da felicidade disse...

sniff sniff, eu não tive direito a fita! Isso quer dizer que sniff sniff ....
Ai não, espera, eu não te pedi, eu não tinha fitas, não ligo a essas tretas de comprar fatos pretos foleiros de Sr. Drs. e engenheiros, pois é ... ufffa

; )

Joaninha disse...

Então e novidades?

MarkChen disse...

Cretinóidal é muito bom hahahaha!!!
Nada, nada, nada!!!