sábado, 6 de janeiro de 2007

F***sss Mix

Há muito que a criação de música está democratizada. Qualquer computador pessoal munido de um software como o Garageband para Mac OS, ou o E-Jay para Windows, é tudo o que o grunho musical necessita para juntar uns samples e fazer qualquer coisa que soe minimamente bem.

Como qualquer grunho musical que se preze, lá fui meter o bedelho num desses programas e dar o meu contributo para aumentar a poluição sonora na minha àrea de residência, alienando todo e qualquer ser vivo dotado de audição num raio de 100 metros.

A ideia para o tema F***sss Mix (fabuloso este título não é? Rivaliza com a m***a da música...) surge de uma sessão de trabalho académico em que a minha querida colega Sílvia Patrão, face a uma falha do programa de edição de vídeo em que trabalhava, recorreu ao método da função pública para a resolução de problemas - praguejou vigorosamente e delegou a responsabilidade para a pessoa mais próxima. A sublime vociferação ficou gravada em vídeo e o som foi editado e dividido em samples para a composição final.

Voz Principal - Sílvia Patrão
Vozes de Apoio - Adriana Silva, Bruno Krippahl
Produzido e Misturado por Bruno Krippahl

18 comentários:

Patricia disse...

HILARIANTE!!!!!

Sílvia Patrão disse...

Isto é o que dá estar na tua companhia e pretencer ao teu grupo de trabaho... Transfiguras qualquer um!

Glorioso dia em que fui ter contigo na aula do professor pedro e te convidei para seres do meu grupo... que era apenas eu até aquela altura... e depois conseguimos pescar a adriana.
Foram 3 anos bem passados :-)

Ludwig Krippahl disse...

F***-se, ca****-me a rir...

Só queria deixar um pequeno protesto contra a f*** do quicktime, que obriga um gajo a instalar 18Mb de m*** só para ouvir o som.

Que tal um mp3 para a próxima composição? Acho que merece, pois quer a música quer a letra estão muito acima da qualidade média do pop Português.

Luis Pestana disse...

Cara Sílvia,

Ai que feitio tens tu… ;) brinco…

Ludwig,

Também acho que está acima da média do pop e tecnno Alemão, mas isso sou eu que digo…

Karin disse...

Compreendo bem a tua amiga. Estou farta de cantar a mesma canção em frente do computador, como agora, por ex., que já é a segunda vez que tento enviar este comentário.

Ludwig Krippahl disse...

Na verdade foi azelhice minh: o ficheiro é mp3. O embedding é que obriga a usar o Quick Time (só no meu browser?).

Anyway, fica aqui o link

Luis Pestana disse...

Hoje em dia so vale a pena usar o Firefox (com actualizaçoes automaticas)...tira varias dores de cabeça.

Anónimo disse...

AHAHAHAHAHAHAH
Parece que vos estou a ver a trabalhar e a stressar
AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH



fada da felicidade

Anónimo disse...

AHAHAHAHAHAHAH
Parece que vos estou a ver a trabalhar e a stressar
AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH



fada da felicidade

Krippmeister disse...

O tag embed não aponta para o quicktime especificamente, mas em todos os browsers em que experimentei até agora abriu sempre com o plugin QT.

Luis Pestana disse...

Caro Krippmeister,

Podias ter dito isso em portugues...

Miguel Krippahl disse...

f***-se, tá muito à frente!

Krippmeister disse...

Tens razão Luís, foi em Geekalhês, e ainda por cima com pronúncia...

A questão é que quando escrevo o código no post para adicionar a música, não refiro o quicktime em lado nenhum. Os browsers é que têm a mania que são emancipados e decidem usar o quicktime para tocar mp3.

Sílvia Patão disse...

Cara Luis Pestana!

Garanto-te que até tenho um feitio muito acessivel... mas há dias em que tudo corre mal, principalmente quando já passa das horas ditas normais de trabalho, e quando deve estar mais ou menos uma temperatura de 40º, não há paciencia... :-)

bloga disse...

Grande Música!!!
Foram 3 anos de muito trabalho e diversão!
Ainda bem que me pescaram*
Obrigada Sílvia e Bruno*

Luis Pestana disse...

Acredito em ti Sílvia, só peço que não me trates por "Cara Luís" ;)

gajo disse...

hehehhe ... nice

ar disse...

Lindo! Já tenho muitas saudades destes tempos...

E tb tou a imaginar a silvia a estourar quando disse isto. Lembro-me deste episódio e deste trabalho. ;)