terça-feira, 2 de outubro de 2007

Treta da Semana

No blog Ktreta, o meu irmão Ludwig pronunciou-se sobre a treta das crianças índigo, e o papel da Sra. Isabel Leal na sua divulgação. O leitor Paulo Marques, um conhecido da Isabel Leal, não aceitou a crítica e comentou proferindo umas quantas ameaças patéticas que fizeram pouco mais que divertir os leitores do Ktreta.

Este tipo de comportamento é bastante comum em pessoal que vive agarrado a essas crendices, e que, em vez de proteger as suas crenças mostrando argumentos e provas fiáveis, tentam abafar as críticas para que não se instale a dúvida. Espertos, certamente também têm a noção que se pensarmos cinco minutos sobre a palermice que apregoam, ela desmorona-se.

Como consequência da sua tentativa infeliz de assustar os leitores do Ktreta, o Paulo conseguiu apenas que o post da Treta da Semana fosse replicado na íntegra aqui no Krippart. Parabéns.

Treta da Semana: Isabel Leal
por Ludwig Krippahl

"«Em busca de respostas a inquietações profundas descobriu o poder de algumas formas de cura alternativas como Reiki, Karuna Reiki, Meditação, Jin Shin Jyutsu, Crystal Healing, A caracterização do Ser humano segundo a coloração da aura bem como as compatibilidades entre cada cor/aura humana.[...] Iniciou os estudos sobre o fenómeno Índigo e Cristal em Portugal e mais recentemente nos EUA. [...] É com base nos estudos que tem desenvolvido que dá apoio a estas crianças e suas famílias numa clinica em Lisboa.[...] »(1)

Este post foi difícil de escrever. Nem sabia para onde me virar. Curas alternativas? Crianças Índigo e Cristal? Caracterizar pela cor-barra-aura*? Decidi dividir isto em várias partes e dedicar este primeiro post à Isabel Leal, que será a minha musa inspiradora nas próximas semanas.

Na sua clínica, a Isabel Leal dá consultas de:

«Acompanhamento de casos que necessitam de melhoria no rendimento escolar, resolução de terrores nocturnos, dificuldades do sono, desequilíbrios alimentares e comportamentais.
Expansão da área criativa e energética.
Consultas de apoio familiar a:
* Crianças Índigo e familiares
* Crianças Cristal e familiares
* Crianças Arco Íris e familiares»(2)

Se questionam as suas habilitações para resolver os terrores nocturnos e os desequilíbrios alimentares das crianças, fiquem descansados. A Isabel «é licenciada em Gestão e trabalhou por 20 anos em empresas nacionais e multinacionais»(1). E é tão rigorosa no diagnóstico que pede aos pais para trazer «a hora/local de nascimento da criança»(2), porque «É estudante de astrologia, pois acredita que esta ferramenta é bastante útil na definição do perfil da criança»(1).

E vê-se que é escritora. «Convidada de diversos de programas de televisão, rádio e media em geral, leva esta nova experiência a quem lida com crianças no dia a dia procurando dar a mais recente energia de informação e de regeneração a todos os interessados nestas matérias.»(1)

A mais recente energia de informação e regeneração. Não vou comentar, mas queria saborear isto. A mais recente energia de informação e regeneração.

A Isabel Leal, além de terapeuta, dá cursos de Crystal Healing, Reiki, e Karuna Reiki, e é autora de dois livros intitulados As Crianças de um Novo Mundo: os Índigo, e os Cristal. São crianças sobredotadas. As Índigo são capazes de ver espectros de luz. O que dá jeito para não ser cego. As Cristal têm uma energia de grande amplitude espiritual que é fundamental para operar a transição da era de Peixes para a de Aquário (3). Aparentemente, a precessão dos equinócios não é um fenómeno físico. É trabalho infantil. Eu voto que se acabe com isto. É que não compensa o esforço destas crianças só para vermos o Sol a 50,3 segundos de arco da posição que tinha no equinócio do ano anterior. Deixem os miúdos brincar à vontade. Logo se preocupam com a orientação do eixo da Terra quando forem crescidos.

Deixo aqui um muito obrigado à Isabel Leal pela sua extraordinária imaginação. Parece-me que até ao Natal já não vou precisar de procurar temas para esta rubrica.

*A Isabel Leal usa a expressão cor/aura, mas não sei se a barra se faz com um gesto da mão numa curta pausa entre cor e aura ou se é suposto ler a barra. Como neste post não se vê os gestos que faço com a mão (felizmente...) decidi escrever assim."


Treta da Semana: Isabel Leal
Ktreta

13 comentários:

Anónimo disse...

Boa, mano! Até me apetece criar um blogue apenas para reproduzir o mesmo :-)
Cristy

Krippmeister disse...

Boa! Todos os dias põe-se no ar mais uma cópia do post hehehe.

Ludwig Krippahl disse...

Fixe... acho que a ameaça, se era para ameaçar, foi fraquita. Mas é bom que o pessoal tenha uma ideia de como isto funciona.

Nem imagino a publicidade que o meu blog ia ter se eles conseguissem fechá-lo no google...

Joaninha disse...

Olha e se eu fizer o mesmo?
Assim já eram três blogs para eles fecharem, era giro!!:)

Abobrinha disse...

Ludwig

Bem me parecia que tinhas sido tu a escrever aquele comentário ameaçador, só para dar publicidade ao teu blogue ;-)

Algum dia eles fechavam um blogue por causa de uma opinião? Opinião é uma coisa, há muitas e direito a elas. Difamação é outra coisa completamente diferente! E não foi o caso.

De qualquer modo, já eram quatro a fechar se algum dia se atrevessem a silenciar fosse quem fosse. Pode-se argumentar que no caso do meu blogue não se perdia nada de relevante para a humanidade, mas não vamos por aí!

Dizem que a coisa pia fino quando se trata de cientologia. Dizem que há ameaças a sério a quem se mete no caminho deles e há blogues e sites inteiros a denunciá-los. Inclusive, numa série de países europeus (citando de cor, creio que na Alemanha e na Itália pelo menos) não têm o estatuto de religião, o que os tem irritado solenemente. Azar!

indomável disse...

Não negues à partida uma realidade que desconheces. Tão não se tá mesmo a ver que os manos Kripphall foram e continuam a ser ciranças... índigo!
O espectro de cores que se lhes aparece é imenso e melhor que isso, fazem conta delas todas nos seus blogues. Por isso mesmo é que nós pairamos por aqui, tipo moscardos atraídos pela luz... afinal, é suposto as crianças índigo serem as portadoras da verdade no novo milénio...

Abobrinha disse...

Indomável

Moscardos o carago: eu sou uma abóbora, com orgulho! POde argumentar-se que as abóboras precisam de luz para se desenvolver, mas não vamos por aí!

Dito isto, chamaste-lhes crianças. Não sei, mas o Herr Krippmeister parece-me muito eficaz nas cores e no preto e branco: o verdadeiro artista! E nas palavras não fica atrás! Na solidariedade entre irmãos, nem se fala, o que só lhe fica bem (não é como as manas Salgado, mas aí entraríamos no capítulo de aberrações e não tem nada a ver!).

Krippmeister disse...

Bem vinda ao Krippart Indomável.

Na volta tens razão e eu sou o primeiro "trintão careca Indigo" da história. "Trintão Arco-Íris" é que já é uma beca gay demais pra mim...

Joaninha disse...

Ui, para alem de Decorador tambem és arco iris??? :))))))
E ainda por cima portador da verdade do novo milenio???

Hummm, então é isso que carregas dentro da mochila, já podias era ter dito. E eu a pensar que eram os calções da ginastica, afinal era a verdade do novo milenio, sou mesmo loira.

O que eu sei é que quero ver o video do Jack rapidamente, por isso para lá de emitir luzes de varias cores e toca a trabalhar:)

Krippmeister disse...

Mas que falta de respeito é este? Ficas sabendo que eu sou muito especial. Certo dia estava a jogar futebol e levei um bojardo em cheio na tromba e também vi auras...

Joaninha disse...

Mas que tu és "especial" já nós sabemos meu querido:)

O que eu não sabia era que eras arco iris e que carragavas a verdade do novo milenio

Ludwig Krippahl disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ludwig Krippahl disse...

Eu fiz um teste online (não me lembro onde) para ver a cor da minha aura. Respondi a umas perguntas e o resultado: negra.

Por isso parece que «criança indigo» para mim só acerta uma em duas...